Tensões geopolíticas com a Rússia fazem preço do gás disparar na Europa em pleno inverno

·2 min de leitura

Os preços do gás na Europa e no Reino Unido dispararam, nesta terça-feira (21), atingindo um recorde histórico, pressionados pela demanda em meio ao frio intenso do inverno no Hemisfério Norte e a tensões geopolíticas entre a Rússia, um fornecedor-chave, e os países consumidores.

"O gás natural europeu continua sua inexorável alta", observaram analistas do Deutsche Bank, devido às "temperaturas que continuam caindo na Europa no início do inverno e à ausência de reservas da Gazprom (gigante russa do gás) para ter capacidade suplementar em janeiro do gás que transita pela Ucrânia".

O preço de referência europeu, o TTF holandês, subiu 20% às 12h GMT (9h no horário de Brasília). Chegou a € 175 por megawatt-hora, batendo o recorde anterior estabelecido em 6 de outubro.

O gás britânico para entrega em janeiro também alcançou um novo recorde de 435 centavos de libra por termia (th, uma unidade de medida de calor), seguindo uma tendência de alta do dia anterior. Estes níveis de preços à vista são sete vezes mais elevados do que no início do ano.

Para alguns analistas, este patamar dos preços reflete a forte demanda, à medida em que as temperaturas caem e crescem os temores sobre a oferta, já que um terço do gás vem da Rússia.

Gasoduto sob pressão

Os preços sobem devido ao aumento das tensões na fronteira da Rússia e da Ucrânia, explicaram vários especialistas deste mercado. Os países ocidentais acusam Moscou de aumentar seu contingente na fronteira com a Ucrânia, com o objetivo de lançar uma possível operação militar.

Novo governo alemão é menos conciliador


Leia mais

Leia também:
Preço do gás bate novos recordes e preocupa mercados europeus antes do inverno
Europa: falta de gás e alta dos preços da energia podem impulsionar renováveis no bloco
Tensões entre Alemanha e Rússia levam a expulsões de diplomatas

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos