Terceira via não tem menor chance nas eleições, diz presidente do PSB

Presidente do PSB, Carlos Siqueira (esquerda), no anúncio da chapa Lula-Alckmin, em São Paulo

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A terceira via não tem a menor chance nas eleições presidenciais desse ano e a tendência é que seus candidatos desidratem até outubro, numa eleição que será polarizada entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL), disse o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, nesta sexta-feira.

O PSB terá o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin como vice na chapa de Lula. Para Siqueira, Lula e Bolsonaro são os dois únicos candidatos com chance de disputar o Palácio do Planalto.

“A terceira via não tem chances... não se fábrica ou produz lideranças, isso se forja na luta“, disse Siqueira à Reuters durante o evento "Pensar Brasil".

“Não há terceira via capaz de chegar ao segundo turno e a polarização se deu com duas lideranças postas“, disse Siqueira. “O nome por si só já é ruim, é terceira por que não é nem primeira nem segunda.

Lula e Bolsonaro lideram as pesquisas de intenção de voto com ampla margem sobre os demais candidatos. Levantamento divulgado nesta sexta mostrou o petista com 44% das intenções de voto e o atual presidente com 32%, enquanto Ciro Gomes (PDT) aparece com 8%; João Doria (PSDB) tem 3%, André Janones (Avante), 2%, e Simone Tebet (MDB), 1%.

"As pessoas dessa dita terceira via são base do atual governo, responsáveis por toda política econômica fracassada que está aí. O que de diferente eles podem fazer? Acho lamentável a polarização, mas temos que enfrentar e mostrar nosso projeto“, acrescentou.

O presidente do PSB comemorou a aliança com o PT, e disse que Lula pode vencer a eleição já no primeiro turno.

"Ainda acho ousadia vencer no 1º turno, mas a polarização pode ajudar a resolver as eleições no primeiro turno“, disse.

A chapa Lula-Alckmin tem como alicerces de campanha a redução da desigualdade social, geração de empregos, expansão da economia, sustentabilidade, preservação do meio ambiente e a “ volta a plenitude democrática”, afirmou Siqueira.

“Temos uma economia que não cresce, inflação e desemprego em alta. Não geraram empregos com a reforma trabalhista e não vieram investimentos coma reforma da Previdência, e temos um presidente que não acredita na democracia e nos valores democráticos“, avaliou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos