Termina no dia 31 prazo de licenciamento anual para carros com finais de placa 3, 4 e 5

Motoristas de veículos com placas de final 3, 4 e 5 têm até esta segunda-feira (dia 31) para regularizarem o licenciamento anual dos automóveis no Estado do Rio. O procedimento diz respeito apenas à taxa do Detran.RJ para emissão do CRV digital, já que, assim como no ano passado, o pagamento do seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestre (DPVAT) está suspenso. Além disso, não há mais vistoria veicular no estado, com exceção de veículos como transporte escolar e aqueles movidos a GNV.

O calendário de licenciamento começou em março, quando foi regulamentado pelo governo estadual. Os donos dos veículos devem solicitar o CRLV-e em uma unidade de atendimento do órgão ou acessar o documento virtual nas plataformas digitais do Detran.RJ (em Posto Digital) ou da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), além do aplicativo Carteira Digital de Trânsito.

Antes, no entanto, os condutores precisam pagar a Guia de Regularização de Taxas (GRT). No caso do Estado do Rio, não é necessário estar com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) quitado nem com o pagamento de multas em dia.

O cronograma para veículos com outros números finais de placa vai até o dia 31 de dezembro. Após as datas, os veículos que não emitirem o CRLV-e 2022 estarão em situação irregular:

- Finais de placa 1 e 2 => Até 30/09

- Finais de placa 3, 4 e 5 => Até 31/10

- Finais de placa 6, 7 e 8 => Até 30/11

- Finais de placa 9 e 0 => Até 31/12

O não pagamento do IPVA não impede o licenciamento anual do veículo no Rio de Janeiro. De acordo com o Detran-RJ, é necessário apenas quitar a Guia de Regularização de Taxas (GRT) do Detran.RJ referente ao exercício 2022, disponível para impressão no site do Bradesco (www.bradesco.com.br).

Para a emissão da guia no site do banco, o interessado deve selecionar no site a opção "Produtos e Serviços" (à esquerda da tela) e, em seguida, clicar em "Serviços". Depois, é preciso escolher "Pagamentos".

Ainda nesta página, o motorista deve escolher, dentro da opção "Tributos", o item "DETRAN RJ – GRD, DUDA, GRT e GRM". Uma lista de telefones para esclarecer dúvidas será apresentada. No final dela, haverá a opção "Gerar boleto".

A partir daí, é preciso escolher a opção GRT (no alto da página), ter o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) em mãos e digitar a sequência de 4 dígitos apresentada pelo site, clicando em "Continuar".

No caso específico do Estado do Rio, deputados da Assembleia Legislativa (Alerj) derrubaram, em fevereiro, um veto do governador Cláudio Castro (PL) e restabeleceram um projeto anteriomente aprovado que determinava que o valor referente à emissão do CRLV Digital deixasse de ser cobrado dos motoristas fluminenses a partir deste ano, já que o documento passou a ser apenas virtual a partir de 2021.

O texto foi promulgado pelo presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), e a cobrança de R$ 69,23 foi excluída do Guia de Regularização de Taxas (GRT) do Detran.RJ no início de março.

Após quitar a guia GRT, o motorista pode ter acesso ao documento de modo digital pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito, pelo Posto Digital do Detran.RJ ou pelo Portal de Serviços da Senatran, já que o CRLV não é mais impresso em papel-moeda desde 2021.

Na versão digital, é possível compartilhar o CRLV com até outras cinco pessoas, que também terão acesso ao mesmo pelo aplicativo no celular. Se uma família divide um único carro, por exemplo, todos poderão ter o documento em seus smartphones. Quem preferir pode imprimir o licenciamento em papel comum, que terá valor igual ao digital.

O primeiro passo é se registrar no portal gov.br, que é o cadastro do governo federal.

Se o usuário optar por baixar o app Carteira Digital de Trânsito:

Cadastre o usuário

- Uma vez instalado o app, abra e selecione: "Entrar com gov.br"

- Na tela seguinte, informe CPF e selecione "Próxima"

- Na próxima tela, crie uma conta e, após criá-la, retorne ao aplicativo e clique em "Entra com gov.br".

Baixe o CRLV Digital

- Faça o login

- Selecione "Veículos"

- Informe o número do Renavam e o Número de segurança do CRV (é o antigo DUT, com 11 caracteres)

- Selecione "Incluir" e estará pronto o CRLV Digital

Caso faça o acesso pelo Portal Digital do Detran.RJ, o usuário dserá encaminhado para o gov.br, informando CPF e senha. Se ainda não tiver registro, deverá se cadastrar. Terá que concordar com os termos de uso e, depois, selecionar a opção "Veículos". Os dados do automóvel já serão apresentados na tela. Bastará, então, clicar em "Emitir CRLV-e".

Se optar pelo Portal de Serviços da Senatran, o usuário também deverá ser cadastrado no gov.br, informar CPF e senha e, em seguida, selecionar selecionar a opção "Veículos". O automóvel de que é possuidor ou principal condutor já será apresentado na tela. Mas o interessado pode também digitar placa e número de Renavam. A tela seguinte, já com os dados do automóvel, permitirá emitir o CRLV Digital.