Bombardeio dos EUA mata 4 supostos membros da Al Qaeda no Iêmen

Sana, 29 mar (EFE).- Quatro supostos membros da organização terrorista Al Qaeda morreram nesta quarta-feira em um bombardeio de um avião não-tripulado americano na província de Abian, no sul do Iêmen, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

O drone lançou dois mísseis contra o carro dos supostos terroristas na região de Amquz, no leste da citada província, na primeira hora da madrugada.

Posteriormente, os moradores da área encontraram os quatro corpos calcinados, segundo a fonte.

No domingo passado, o Iêmen completou o segundo aniversário do início da ofensiva militar da coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita e apoiada pelos Estados Unidos - uma intervenção que generalizou o conflito e que deixou milhares de mortos.

Tanto Al Qaeda como o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) aproveitaram a deterioração da segurança para expandir-se por áreas do sul do Iêmen. EFE