Alerta de tsunami é retirado após terremoto de magnitude 7,3 atingir região de Tonga

(Reuters) - O governo de Tonga pediu aos cidadãos que se desloquem para o interior no início de sábado no horário local, depois que um terremoto de magnitude 7,3 atingiu o mar a cerca de 211 quilômetros da capital, embora um alerta de tsunami emitido para Tonga e Samoa Americana tenha sido retirado.

O terremoto ocorreu a uma profundidade de 24,8 km, cerca de 211 km a leste do sudeste de Neiafu, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

"Com base em todos os dados disponíveis, a ameaça de tsunami deste terremoto já passou", disse o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico dos EUA.

Não há ameaça de tsunami para Nova Zelândia, afirmou a Agência Nacional de Gerenciamento de Emergências do país no Twitter.

O serviço meteorológico de Tonga continuou a alertar os moradores para permanecerem no interior e em terrenos elevados.

Em janeiro, a erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai desencadeou um tsunami que destruiu vilarejos e resorts e interrompeu as comunicações para a nação do Pacífico Sul de cerca de 105.000 pessoas. Pelo menos três pessoas morreram.

(Reportagem de Maria Ponnezhath e Abinaya Vijayaraghavan em Bengaluru)