Terremoto na Nova Zelândia criou um muro de 4,5 metros em paisagem digna de hobbits

O terremoto de magnitude 7,8 que ocorreu recentemente na Nova Zelândia não trouxe apenas destruição; ele também criou uma nova paisagem.

Um brusco movimento de terra produzido perto do epicentro do terremoto em Kaikoura, a cerca de 965 quilômetros de Christchurch, levantou um enorme muro de 4,5 metros de altura, em meio aos bucólicos campos da região.

Os cientistas da Universidade de Canterbury (UC) analisaram a área depois do terremoto de 14 de novembro e ficaram assombrados com o novo muro que havia surgido.

Epicentro: o terremoto atingiu Kaikoura, na Nova Zelândia (Caters)

Criação: o muro surgiu como resultado de um deslizamento de terra

A Dra. Kate Pedley, da UC, tirou fotos incríveis que mostram os efeitos causados pelo terremoto.

Ela explicou que os cientistas estão tentando encontrar as rupturas ocorridas na região ao redor do epicentro original, e acrescentou: “Talvez não sejam tão chamativas quanto as que surgiram ao norte de Kaikoura, mas trata-se de uma área de três quilômetros de largura, onde há diversas falhas e estruturas.”

“Felizmente, nas regiões ao sul e a oeste de Waiau não ocorreram grandes mudanças. A estrutura a noroeste foi a que mais sofreu.”

“Os deslocamentos de rochas, os deslizamentos de terra e as depressões foram incríveis.”

A força do terremoto foi tamanha que criou uma represa no rio Leader.

O Dr. Clark Fenton, professor adjunto de engenharia biológica, explicou que visitar o terreno rapidamente seria fundamental para coletar a maior quantidade possível de dados.

Investigações: os cientistas encontraram uma grande destruição ao redor do epicentro (Caters)

Ele também comentou: “Identificamos deslocamentos espetaculares de falhas ao longo da Leslie Hills Road, no extremo oriental de Emu Plain.”

“Esta área também sofreu uma extensa liquefação do solo, o que causou muitos danos às estradas locais.”

Imagens: Caters

Yahoo Noticias International