Tesla deve começar produção comercial de picape Cybertruck em 2023, dizem fontes

SÃO FRANCISCO/XANGAI (Reuters) - A Tesla pretende iniciar a produção em massa da picape elétrica Cybertruck no fim de 2023, dois anos após o objetivo inicial de Elon Musk ter sido revelado em 2019, disseram duas fontes próximas do assunto.

A Tesla disse no mês passado que preparava sua fábrica no Texas para montar o novo modelo em regime de "produção antecipada" prevista para meados de 2023. "Estamos na volta final para a Cybertruck", disse Musk em conferência com analistas.

Uma produção gradual no segundo semestre do próximo ano significará que a Tesla não terá receita até o início de 2024 para um quarto da produção do novo modelo.

Isso também significa uma espera de mais um ano para as centenas de milhares de compradores potenciais, em um dos lançamentos de veículos elétricos mais aguardados da história.

A Tesla não comentou o assunto.

Em 2019, a Tesla havia projetado um preço inicial de menos de 40 mil dólares para a Cybertruck, mas os preços dos veículos novos dispararam desde então e a montadora aumentou os valores em toda a sua linha.

Uma fonte disse que a Cybertruck foi projetada para usar as baterias 4680 da Tesla. Mas o analista Sam Abuelsamid, da Guidehouse Insights, disse que a empresa não conseguiu aumentar significativamente a produção das baterias, o que pode levar a mais atrasos da picape além do fim de 2023.

Musk disse em outubro que as baterias 4680 não devem ser um fator limitante para a Cybertruck. Ele disse que a produção da bateria estava crescendo exponencialmente, mas não deu detalhes. O bilionário apresentou a Cybertruck em 2019. A empresa adiou o tempo de produção três vezes: do final de 2021 ao fim de 2022, depois ao início de 2023 e, mais recentemente, à meta de meados de 2023 para a produção inicial.

A Cybertruck fará a Tesla entrar num dos segmentos mais lucrativos do mercado dos EUA e será um concorrente de picapes elétricas de empresas como Ford e Rivian.

Em janeiro, Musk citou a escassez de componentes como o motivo para empurrar o lançamento da Cybertruck para 2023.

(Por Hyunjoo Jin e Zhang Yan)