Tesla perde em um dia o equivalente a uma Ford e GM inteiras; entenda a queda

Tesla perde R$ 361 bilhões após atraso na produção e entrega de veículos
Tesla perde R$ 361 bilhões após atraso na produção e entrega de veículos
  • As ações Tesla registraram queda de 8,6% nesta segunda-feira;

  • A empresa enfrentou atraso na produção devido a obstáculos logísticos;

  • Apesar de ter produzido e entregue um número recorde de veículos ficou aquém das expectativas do mercado.

Após a Tesla vender menos veículos do que o esperado para o terceiro trimestre, as ações da montadora mais valiosa do mundo registraram queda de 8,6% nesta segunda-feira. O revés nos papéis na empresa pode ser explicado pelo atraso na produção devido a obstáculos logísticos.

As ações abriram em uma baixa de mais de dois meses, com a Tesla perdendo cerca de R$ 361 bilhões em capitalização de mercado em um único dia, mais do que o valor de mercado da General Motors e da Ford Motor.

A Tesla produziu um recorde de 365.923 veículos no trimestre e entregou um novo recorde de 343.830 veículos, mas ainda ficou aquém das expectativas do mercado, com uma lacuna grande entre produção e entregas, aumentando as preocupações dos investidores.

A empresa disse que não conseguiu garantir transporte suficiente durante o horário de pico a um custo razoável para os veículos fabricados, enquanto o presidente-executivo Elon Musk garantiu “entregas mais estáveis” no trimestre atual para reduzir a pressa de última hora.

O déficit nas entregas ocorre em meio a preocupações de demanda entre investidores e analistas devido ao aumento dos preços dos veículos da Tesla , custo de empréstimo mais alto e uma perspectiva sombria para o crescimento econômico global.

A Tesla precisará entregar mais de 450.000 veículos no quarto trimestre para atingir sua meta de aumentar as entregas em 50% ao ano. A Reuters informou que estabeleceu uma meta de produzir cerca de 495.000 Model Y e Model 3 no período.