Tesla reduz preço de veículos na China e vê as ações caírem 4%

Tesla reduz preço de veículos na China e vê as ações caírem 4% (Foto: VCG/VCG via Getty Images)
Tesla reduz preço de veículos na China e vê as ações caírem 4% (Foto: VCG/VCG via Getty Images)
  • A Tesla cortou os preços iniciais de seus carros Modelo 3 e Modelo Y em até 9% na China;

  • As ações caíram mais de 4% antes de fecharem em queda de 1,5%;

  • Os cortes ocorrem em meio a demanda com crescimento menor do que o esperado.

A Tesla cortou os preços iniciais de seus carros Modelo 3 e Modelo Y em até 9% na China, revertendo uma tendência de aumento em todo o setor em meio a sinais de diminuição da demanda no maior mercado automotivo do mundo. Mesmo assim, as ações da empresa com sede em Austin, no Texas, caíram mais de 4% antes de fechar a US$ 211,25, queda de 1,5%.

Os cortes de preços, publicados em listagens no site da gigante de veículos elétricos na China na segunda-feira (24), são os primeiros da Tesla na China em 2022 e ocorrem depois que a Tesla começou a oferecer incentivos limitados aos compradores que optaram por seu seguro no mês passado.

"Os cortes de preços ressaltam a possível guerra de preços que temos enfatizado desde agosto", disse Shi Ji, analista da instituição financeira chinesa CMBI.

A Tesla cortou preços na China no ano passado em um esforço para ser mais competitiva no país, enquanto nos Estados Unidos, seu maior mercado, a fabricante de veículos elétricos elevou os preços no ano passado devido ao maior custo das matérias-primas.

Na semana passada, o CEO da Tesla, Elon Musk, disse que “uma espécie de recessão” estava em andamento na China e na Europa, e a Tesla disse que não cumpriria sua meta de entrega de veículos este ano. O bilionário também afirmou esperar que a empresa fosse “resistente à recessão”.

Dados na segunda-feira mostraram que as vendas no varejo na China cresceram 2,5% em setembro, abaixo do aumento esperado de 3,3% e menos da metade do crescimento de 5,4% de agosto.

A montadora norte-americana e vários rivais chineses aumentaram os preços várias vezes desde o ano passado em meio ao aumento dos custos das matérias-primas. Mas a Tesla ajustou regularmente os preços de seus carros na China, incluindo reduções, refletindo os subsídios do governo .

A Tesla é agora a terceira fabricante de EVs mais vendida da China, depois da BYD Motor e da SAIC-GM-Wuling, e é a única empresa estrangeira na lista dos 15 principais publicados pela China Passenger Car Association.