Tesouros digitalizados para não se perderem na guerra

Em Lviv, no oeste da Ucrânia, uma cidade até agora pouco afetada pela guerra, os funcionários dos Arquivos Centrais Históricos trabalham contra o relógio na tarefa de digitalizar os muitos documentos que aqui se encontram, alguns deles tesouros de valor inestimável, para evitar que se percam para sempre, caso venham a ser destruídos por culpa da guerra.

Olesia Stefanyk, diretora dos Arquivos, explica: "Estes são tesouros da nação e do povo ucraniano. São muito importantes para a Europa e para todo o mundo, porque há muita informação relacionada com outros países da Europa e não só".

São tesouros da nação e do povo ucraniano

Além de estarem a ser digitalizados, os documentos mais valiosos estão a ser guardados em cofres-fortes em salas especial, onde se espera que possam sobreviver mesmo se as instalações vierem a ser atacadas. Nesta missão, os arquivos ucranianos contam com países como França e Alemanha, que ofereceram ajuda material e também a colaboração de peritos.