Teste em chanceler Ernesto Araújo dá negativo para coronavírus

Eliane Oliveira

BRASÍLIA - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, não contraiu coronavírus, informou, ontem, o Itamaraty. Um dos integrantes da comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos no início deste mês, Araújo fez o teste em Brasília e o resultado foi negativo. Na última quinta-feira, quando se noticiou que o chefe da Secretaria Especial de Comunicação, Fabio Wajngarten havia sido infectado, o chanceler cancelou toda a agenda que teria em Washington. Antecipou seu regresso ao Brasil e embarcou de volta em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).Na última quarta-feira, Ernesto Araújo esteve com autoridades e empresários americanos.

Pela manhã, o ministro se reuniu com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo. Ao longo do dia, Araújo participou de uma mesa redonda na sede da Câmara de Comércio e de um jantar oferecido pelo subsecretário para Crescimento Econômico, Energia e Meio Ambiente do Departamento de Estado, Keith Krach.Na quinta-feira, a agenda incluía ainda, quatro compromissos na capital americana e que acabaram cancelados devido à antecipação do retorno. O primeiro era uma reunião com Adam Boehler, CEO da Development Finance Corporation. O segundo, um encontro com o subsecretário do Tesouro dos EUA, Brent McIntosh.Os dois últimos compromissos ocorreriam na parte da tarde, ambos na Casa Branca. O ministro se reuniria com o diretor do Conselho Nacional de Economia, Larry Kudlow; e Rob Blair, assessor presidencial e representante especial para Políticas de Telecomunicações Internacionais da Casa Branca.