Teto da igreja Matriz centenária de Varre-Sai desaba após forte chuva

Marjoriê Cristine

RIO - As fortes chuvas voltaram a trazer preocupação para população das Regiões Norte e Noroeste do Rio de Janeiro. Na noite de quinta-feira, o teto da Igreja Matriz São Sebastião de Varre-Sai desabou. O local fica na Avenida Felicíssimo Faria Salgado, no Centro do município. Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil interditaram o local e isolaram a área. Ninguém ficou ferido porque não havia missa na igreja no momento da queda.

Em nota, a paróquia de Varre-Sai afirmou que por causa da chuva, aliada a conservação do local, a torre cedeu. No fim de 2019, a paróquia lançou um projeto de reforma da Igreja Matriz, que completa 100 anos em 2020.

Até a reconstrução do local, todas as celebrações foram transferidas para a co-matriz, a igreja de Santa Filomena, que foi reformada recentemente e que está sendo ampliada para acolher os fieis, diante da eminência das obras na igreja principal.

Três rios transbordam

A situação segue preocupante nas regiões. Três rios transbordaram de quinta para sexta-feira, deixando sete cidades em estágio de atenção devido a possíveis problemas que podem afetar os municípios. Segundo a Defesa Civil que cuida do Norte e Noroeste, as equipes destas cidades estão realizando um levantamento para buscar desabrigados e desalojados, além de um balanço de estragos que podem ter sido ocasionados pelas chuvas.

O transbordo do Rio Pomba pode atingir os municípios de Aperibé, Cataguases MG e Santo Antonio de Pádua; o Rio Muriaé pode atingir as cidades de Itaperuna, Italva e Laje do Muriaé, enquanto o rio Itabapoana pode prejudicar Bom Jesus do Itabapoana.