“O amor tem que vencer”, diz Thales Bretas no Dia do Orgulho LGBTQIA+

·1 minuto de leitura
Reprodução do Instagram

A semana começou com a comemoração do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ e Thales Bretas postou uma foto ao lado do marido, Paulo Gustavo, que faleceu no início do mês de maio, devido a complicações da Covid-19, o dermatologista escreveu uma mensagem de amor e afeto.

“Que privilégio o meu de ter vivido o grande amor da minha vida, ter realizado o sonho do casamento e ter construído uma família como sempre quis! Sei que o caminho é longo e tortuoso pra maioria, e o meu também teve suas pedras, mas fico muito feliz de escutar sempre que nosso amor inspirou outras histórias felizes de vitória!”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também:

“Contra o preconceito, contra a homofobia, contra o ódio… O amor tem que vencer! Sempre! E quando a gente luta por ele, encontra forças que desconhecia! Se a batalha for no rancor e na vingança, ela já começa perdida! Lute sempre pela sua alegria, pela sua vida, pelos seus sonhos! E comemore as vitórias alheias, que a sua também chegará! Dia 28 de junho, dia do Orgulho LGBTQIA+! #gaypride #orgulholgbtqia”, escreveu.

Os internautas escreveram mensagens de apoio, e a amiga do casal, Mônica Martelli também expressou o seu amor. “Meus amores, vocês foram e são uma referência de orgulho para muitas pessoas. Esse amor de vocês inspira tantos e tantos lares por esse país. Amo você, Thales. Obrigada por ter feito meu irmão tão feliz”, disse a atriz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos