The New York Times adota Mr. Lula para se referir a presidente eleito no Brasil

The New York Times adota Mr. Lula para se referir a presidente eleito no Brasil. REUTERS/Ueslei Marcelino
The New York Times adota Mr. Lula para se referir a presidente eleito no Brasil. REUTERS/Ueslei Marcelino
  • The New York Times anuncia nova forma de se referir ao presidente eleito no Brasil;

  • Lula é apelido que Luiz Inácio ganhou entre colegas de siderúrgica;

  • Político adotou alcunha oficialmente, pela qual é mundialmente conhecido.

“Depois de 34 anos, The New York Times não vai mais se referir a Lula como “Mr. da Silva”, anunciou nesta quinta-feira (10), o chefe da sucursal do “New York Times” no Brasil, Jack Nicas. Pelo Twitter, ele informou que, “depois de muita discussão interna”, foi decidido que o periódico vai se referir a Luiz Inácio Lula da Silva (PT), presidente eleito para um terceiro mandato no Brasil, como “Mr. Lula”.

Confira a publicação de Jack Nicas:

O próprio político republicou a mensagem escrevendo “Mr.” e o ícone de uma lula na frente, em referência à nova nomenclatura.

Agora, o retuíte de “Mr. Lula”:

O veículo de imprensa não costuma usar apelidos. Contudo, Luiz Inácio alterou o próprio nome na década de 1980 para incluir Lula, seu apelido entre os ex-colegas de siderúrgica e sindicalistas. Nicas explica que esse foi um dos critérios para a mudança no jornal.

A partir de agora, na primeira vez em que se referirem ao presidente eleito no Brasil, o jornal vai informar o nome completo: Luiz Inácio Lula da Silva. Depois, passará a se referir a ele apenas como Mr. Lula.

Segundo o chefe da sucursal, é assim que o político é mundialmente conhecido.

“Mr. da Silva”, “Mr. Lula” ou, simplesmente “Lula”

Não há um consenso entre os jornais e revistas estadunidenses sobre como se referir a Luiz Inácio. O “Wall Street Journal” usa “Mr. da Silva”. Já o Washington Post e a revista Time escrevem somente “Lula”, sem o “Mr.” na frente.

No Reino Unido, o The Economist, The Guardian, o Times e o Telegraph escrevem simplesmente “Lula”.