Thiago Neves assume erros e sabe que Grêmio é ‘última porta aberta’ para o camisa 10

Antonio Mota Filho

Em entrevista ao ex-jogador Walter Casagrande Jr., no quadro “Casão FC”, do Esporte Espetacular, o meio-campo Thiago Neves falou sobre a temporada conturbada que teve no ​Cruzeiro em 2019, das responsabilidades e problemas, dos erros e acertos, e também sobre o seu futuro no futebol.

Thiago Neves

O meia de 34 anos foi sensato e assumiu uma parcela do rebaixamento inédito do clube para a Série B do Campeonato Brasileiro, mas acha injusto ‘colocarem’ toda a culpa apenas nele. “Assumo minha responsabilidade agora como assumi depois de vários jogos, coisa que muitos jogadores não fizeram. Mas também não posso ser culpado pelo rebaixamento sozinho”, destacou.


A queda para a segunda divisão, de fato, não pode ser posta exclusivamente em um jogador. A cultura do futebol brasileiro de encontrar “culpados” e jogar a responsabilidade do coletivo em apenas uma pessoa é recorrente, mas também faltou ao jogador mais sensibilidade para saber qual era o seu lugar dentro do grupo e qual papel ele representava para os torcedores.


Thiago Neves

Thiago Neves chegou ao Cruzeiro em 2017 e conquistou dois Campeonatos Mineiros (2018 e 2019) e duas Copas do Brasil (2017 e 2018), mas saiu pelas “portas dos fundos” após ano desastroso e situações ‘indisciplinares’. O status do atleta mudou no cenário nacional e sua possível chegada ao Grêmio deve ser encarada como um “recomeço”.


“Boto esse ano como meta minha reconquistar tudo isso. Claro que o rebaixamento e tudo o que fizeram me deixou queimado. Mas em 2020 tenho certeza que vou dar a volta por cima. Pretendo me reorganizar primeiro na minha casa, onde tenho que estar tranquilo para jogar bola”, afirmou o jogador.


Em temporadas passadas, Thiago Neves estaria repleto de propostas e poderia escolher o que fosse melhor para si, no entanto, o panorama é outro a atual realidade do meia é muito diferente. As atitudes extracampo, com festas e postura com Rogério Ceni, além do rebaixamento, ‘mancharam’ a carreira do camisa 10. “Eu estou aprendendo a pior forma”, ponderou.

FBL-LIBERTADORES-FLAMENGO-GREMIO

O experiente meia não tem mais tantas alternativas e precisa encontrar uma forma de reconquistar o prestígio nacional que perdeu. Em sua entrevista, Thiago Neves pareceu lúcido e mostrou personalidade para assumir os erros que teve dentro e fora de campo, mas o que vai valer são suas atitudes. O ‘badalado’ camisa 10 deve recomeçar sua carreira no caminho dos 35 anos.