Thiaguinho faz acordo milionário após perder processo que movia contra ex-empresário: saiba quanto

Thiaguinho vai ter que desembolsar R$ 3 milhões para pagar o ex-empresário Bruno Azevedo após perder o processo por estelionato que movia contra ele. O cantor decidiu fazer um acordo depois de sucessivas derrotas na Justiça.

Em 2021, Thiaguinho acusou e processou seu ex-empresário, solicitando a devolução de mais de R$ 9 milhões, supostamente desviados por ele. O cantor chegou a registrar um boletim de ocorrência contra Bruno o acusando de estelionato e lavagem de dinheiro. No boletim, feito na Delegacia de Defraudações do Rio de Janeiro, o cantor disse que Bruno havia transferido R$ 9 milhões para a própria conta, indevidamente, entre os anos de 2016 e 2021.

Na época, Bruno rebateu todas as acusações e também moveu uma ação contra Thiaguinho. Em 2022, a Justiça proferiu diversas decisões favoráveis ao ex-empresário no processo. A última sentença reconheceu que não haveria provas ou indícios mínimos contra Bruno Azevedo, liberando todas suas contas e bens, antes bloqueados. A Justiça também derrubou o pedido de segredo de justiça solicitado pelo cantor na ação. No total, foram três recursos desfavoráveis a Thiaguinho.

Em dezembro passado foi a vez de Bruno acionar Thiago e sua empresa, requerendo seu percentual como sócio do evento Tardezinha, marca criada em 2015. A primeira audiência aconteceu na última quarta-feira, 18, no Rio de Janeiro, onde as partes chegaram ao acordo.