Tia diz que viu morte de Lázaro pela TV: "A gente sabia o fim dele, mas fica abalada"

·3 minuto de leitura
Lázaro foi morto em confronto com a polícia - Foto: Reprodução
Lázaro foi morto em confronto com a polícia - Foto: Reprodução
  • Tia de Lázaro disse que ficou sabendo da morte pela televisão

  • Ela relatou o abalo pelas imagens do sobrinho morto

  • Zilda Maria, porém, também admitiu o medo que Lázaro causava

Comemorada por moradores, policiais e até pelo presidente da República, a morte de Lázaro Barbosa foi um baque para seus familiares. Uma tia do criminoso admitiu que já esperava seu desfecho, mas ficou “abalada” mesmo assim.

"A gente já sabia o final dele, depois de tudo isso, mas a gente fica abalada do mesmo jeito. Ele aprontou muito, cometeu crimes, mas é do nosso sangue. Em um momento da vida ele foi uma pessoa querida, então a gente sente", declarou Zilda Maria ao G1.

Leia também:

Zilda relatou que estava em uma agência de serviços de energia elétrica quando viu pela televisão as imagens de seu sobrinho sendo carregado por policiais, após ser baleado. A mulher admitiu o impacto de assistir à morte do rapaz de 32 anos.

"Eu estava esperando atendimento, assistindo, e vi na televisão. É uma coisa que a gente tem que se conformar, mas na hora que a gente vê as imagens... Eu estou abalada.”

A mulher manifestou, ainda, a preocupação com a mãe de Lázaro, Eva Maria. “Ainda não sei como está a mãe dele, mas ela não deve estar bem. Está com o celular desligado. Eu também não estou legal com essa notícia, mas a gente tem que aguentar.”

Lázaro ficou 20 dias foragido, até ser morto - Foto: Reprodução
Lázaro ficou 20 dias foragido, até ser morto - Foto: Reprodução

Moradora de Barra do Mendes, no sudoeste da Bahia, onde Lázaro nasceu, Zilda considerou que a morte do sobrinho trouxe “paz” para parte da população e admitiu que ela própria temia o comportamento do rapaz.

“Eu vi a imagem dele morto e na hora passou até a fome. Mas agora todo mundo vai viver em paz. Estava todo mundo com medo, até a gente aqui. Mesmo sabendo que ele não viria para cá, a gente perdia noites de sono.”

Captura de Lázaro Barbosa

O assassino Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, morreu após um confronto e troca de tiros com policiais que estavam em sua procura, na manhã desta segunda-feira (28).

Morte foi celebrada por moradores da região - Foto: Reprodução
Morte foi celebrada por moradores da região - Foto: Reprodução

A primeira informação da captura de Lázaro foi dada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que fez o anúncio em suas redes sociais de que o serial killer teria sido preso.

Posteriormente, agentes das forças de segurança relataram que ele foi baleado, levado para um hospital de Águas Lindas de Goiás e morto.

Lázaro é condenado por assassinatos e estupros. Ele estava sendo procurado há 20 dias por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Há também uma acusação de que ele teria executado quatro pessoas de uma mesma família, o que lhe rendeu o apelido de "serial killer do DF".

"Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido", disse o governador Ronaldo Caiado em uma rede social.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos