Tia esconde título de eleitor do sobrinho e ele chama polícia

Tia esconde título de eleitor do sobrinho e ele chama polícia. Foto: Getty Images.
Tia esconde título de eleitor do sobrinho e ele chama polícia. Foto: Getty Images.

Uma chamada para a Polícia Militar de Minas Gerais chamou a atenção na manhã deste domingo (2), em Ubaí, norte do estado: uma tia escondeu o título do sobrinho que acionou o 190 e registrou um boletim de ocorrência.

Segundo informações da PM, a tia escondeu o documento por conta de divergências políticas com o sobrinho, para que ele não votasse em um candidato contrário às convicções político/ideológicas dela. Ainda de acordo com a corporação, a mulher foi conduzida para a delegacia.

Ao todo, foram registrados 87 boletins de ocorrências foram registrados pela PM e 15 pelo Corpo de Bombeiros. Até o momento, 21 pessoas foram presas em Minas Gerais e, quase todas, por boca de urna, segundo o levantamento da Polícia Militar.

O Título de Eleitor não é obrigatório no dia da eleição. O documento digital é importante para consultar o local de votação - a zona e a seção eleitoral. Porém, o que o eleitor precisa ter consigo no local é apenas um documento oficial com foto, podendo ser:

  • carteira de identidade;

  • passaporte;

  • carteira de categoria profissional;

  • certificado de reservista;

  • carteira de trabalho;

  • carteira nacional de habilitação.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)