Tiago Leifert diz que era obcecado pela Globo: "Vida de atleta sem férias"

·2 minuto de leitura
Tiago Leifert falou sobre a mudança (Foto: Reprodução/Globo)
Tiago Leifert falou sobre a mudança (Foto: Reprodução/Globo)

Tiago Leifert deixou todo mundo surpreso com seu anúncio de despedida da Globo. O apresentador participou do "Mais Você" nesta sexta-feira (10) e contou para Ana Maria Braga o que motivou o fim do seu contrato. Segundo ele, que quer mais tempo para aproveitar a vida e a família, a rotina estava muito puxada e a alegria não estava presente no seu dia a dia.

"No 'Globo Esporte' eu acordava 5h da manhã todo dia, chegava antes de todo mundo, assistia tudo, escrevia tudo, sabia tudo. Quando fui para o entretenimento a mesma coisa. Tive uma vida de atleta. Eu não saía. Essa obsessão sempre. Trabalhando muito, sem férias. Teve um dia no ano passado, apresentando o 'BBB 20', que cheguei em casa e minha esposa falou que o programa estava demais. Ela perguntou se eu não estava feliz e eu disse que não. Era minha obrigação. Falei que ia comemorar em maio, quando o programa acabasse. Mas eu não comemorei em maio também", afirmou.

Leia também:

Durante o bate-papo, Tiago contou que o desejo de sair da emissora apareceu pela primeira vez há cinco anos. Na época, ele não sabia bem o que estava sentindo e seguiu em frente. "Quando falei isso no ano passado foi um choque, foi muito restrito porque não vazou. Eles [diretores, equipe] entenderam. No esporte eu fiz a mesma coisa, olhei e falei: ganhei, consegui. Preciso declarar vitória", completou.

Ana Maria Braga mostrou imagens do início de Tiago Leifert na televisão e o apresentador contou que nunca teve o sonho de ser famoso, mas queria trabalhar na Globo de qualquer forma. Ele disse que se preparou, estudou nos EUA e fez o possível para honrar o pai, que também trabalhou na emissora.

"Fiz o melhor que poderia fazer. Entrei com muita vontade. Sou muito competitivo, a minha competição interna é enorme, uma obsessão", ressaltou, sem definir o que fará daqui para frente. "Tem tanta coisa que quero aprender, quero estudar, cuidar da família. A missão aqui tá cumprida, mas posso voltar", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos