Tianjin, na China, inicia testes em toda a cidade após pelo menos 2 casos locais da Ômicron

·1 min de leitura

SHENZHEN, China (Reuters) - A cidade costeira de Tianjin, no norte da China, começou a testar sua população de cerca de 14 milhões de pessoas neste domingo, depois que pelo menos dois casos locais da variante Ômicron, que é altamente transmissível, foram detectados, informou a mídia estatal.

Moradores de quatro distritos serão testados nas próximas 24 horas, enquanto moradores dos demais distritos serão testados no dia seguinte, disse o governo de Tianjin.

Os residentes só receberão o código verde, necessário para viajar, depois que testarem negativo para Covid-19, disseram as autoridades.

A cidade aconselhou os moradores a não deixarem o local por motivos desnecessários, disse o governo na noite de sábado. Até agora, nenhuma ordem de lockdown total foi dada.

O surto em Tianjin representa riscos para Pequim e para a próxima Olimpíada de Inverno, devido ao grande número de pessoas que trabalham e moram nas duas cidades e se deslocam entre elas, disse o Global Times, citando um imunologista não identificado.

Aqueles que viajam de Pequim a Tianjin a trabalho devem evitar estes deslocamentos, informou a agência Xinhua.

(Por David Kirton)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos