TikTok decide afastar executivo que não acreditava em licença-maternidade

TikTok ainda pediu que a equipe relate quaisquer violações do código de conduta da ByteDance (Photo Illustration by Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
TikTok ainda pediu que a equipe relate quaisquer violações do código de conduta da ByteDance (Getty Image)
  • O executivo do TikTok teria feito comentários ofensivos em um jantar

  • Patrick Nommensen é o nome apontado para substituir o chefe da equipe

  • A ByteDance não se pronunciou sobre o caso

Depois de dizer que não acreditava em licença-maternidade, Joshua Ma vai "tirar uma folga" forçada do TikTok. O executivo sênior da companhia chinesa ByteDance teria enviado um na quarta-feira (8) à equipe dizendo que vai “tirar uma folga” e deixar o cargo de líder

Informações do LinkedIn apontam que Nommensen trabalha para a ByteDance desde 2016, quando o TikTok foi lançado, e também para o Musical.ly, um app de música viral que a empresa adquiriu em 2017.

O Financial Times diz que o sucessor de Ma será Patrick Nommensen, que liderou o lançamento do comércio eletrônico no Reino Unido. A decisão veio após uma investigação do FT. A empresa disse que está apurando os comentários feitos em um jantar com funcionários da equipe.

“Como você deve saber, o Financial Times publicou hoje um artigo com algumas alegações desanimadoras sobre nossas operações no Reino Unido. Esperamos que essa experiência dolorosa nos torne uma equipe mais forte, mais próxima e melhor a longo prazo”, dizia o e-mail, intitulado “Manter uma cultura de trabalho positiva", que foi enviado para os trabalhadores.

Na mensagem, a corporação ainda pediu que a equipe relate quaisquer violações do código de conduta da ByteDance por meio de uma linha direta anônima. Contudo, o TikTok se recusou a comentar o ocorrido.

O que é a "Licença-maternidade"?

Esse é um período de afastamento concedido para trabalhadores que, de alguma forma, passaram pelo processo de constitui uma família. A legislação muda de país para país.

No Brasil, o salário-maternidade é um benefício previdenciário para pessoas que se afastam do trabalho em decorrência de nascimento do filho, adoção, guarda judicial para fins de adoção, aborto não criminoso e previsto em lei e fetos natimortos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos