TIM antecipa migração de clientes da Oi Móvel

SÃO PAULO (Reuters) - A TIM anunciou nesta quarta-feira que clientes da Oi Móvel que cabem à empresa por conta da divisão dos ativos da rival com as operadoras Claro e Telefônica Brasil já podem usar a rede da companhia no país, numa antecipação ante o prazo previsto de migração de 6 de julho.

Com a compra de parte dos ativos da Oi Móvel, a TIM herdou uma base de 16,4 milhões de clientes da antiga rival. Estes clientes estão distribuídos por 29 DDDs, em 17 Estados e no Distrito Federal.

Em São Paulo, maior mercado de telefonia do país, a base adquirida pela TIM envolve os DDDs 11, 16 e 19, totalizando 4,5 milhões de usuários, informou a operadora de origem italiana em comunicado à imprensa.

A TIM afirmou que com a aquisição dos ativos, concluída em abril, se tornou líder em cobertura nacional, atingindo 5.375 cidades no Brasil.

A operadora afirmou que o processo de integração dos clientes adquiridos da Oi está sendo realizado em três etapas, com a primeira sendo a liberação da rede da TIM para os novos usuários, anunciada nesta quarta-feira.

Agora a empresa está desligando ativos adquiridos da rede Oi e aproveitando infraestrutura e espectro. A última etapa será a "integração sistêmica", quando a tarifação e emissão de contas passará a ser feita pela TIM.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos