Tim Cook, da Apple, diz ter orgulho de ser gay

Tim Cook, presidente-executivo da Apple. REUTERS/Lucy Nicholson (UNITED STATES - Tags: BUSINESS SCIENCE TECHNOLOGY)

(Reuters) - O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, assumiu publicamente que é gay em um artigo que escreveu na revista Businessweek, da Bloomberg.

Cook nunca havia admitido sua orientação sexual.

"Deixem-me ser bem claro: Tenho orgulho de ser gay, e considero ser gay um dos melhores presentes que Deus me deu", escreveu Cook no artigo.(http://buswk.co/1DBoBfo)

(Por Anya George Tharakan)