Times Square no Brasil? Iniciativa privada quer criar distritos comerciais no país, como em NY

Glauce Cavalcanti
·1 minuto de leitura

RIO — Com o dólar na faixa de R$ 5,50, visitar pessoalmente os luminosos painéis da Times Square virou uma missão complicada. Porém, os debates sobre a adoção do modelo de distritos comerciais (como é a região da cidade de Nova York) no Brasil têm ganhado força.

No sistema de distrito comercial, o objetivo é recolher verba junto a empresas privadas para promover revitalização, limpeza e segurança de centros urbanos. Nem governo nem população contribuem para o custeio destes projetos.

Entre as principais barreiras que grupos da iniciativa privada encontram para a adoção deste modelo no Brasil é a parte de legislação. Na Câmara, já existe uma proposta que prevê a implementação da contribuição para custeio de áreas de revitalização econômica (ARE), mas a adoçao do modelo depende de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Confira a reportagem exclusiva para assinantes do Globo clicando aqui.