No 'BBB 23', Tina cai no choro ao falar de MC Guimê: 'Em menos de 24h, me tornei fumante'

Participante do "Big Brother Brasil 23", a angolana Tina caiu no choro, na última madrugada, ao falar sobre MC Guimê, com quem forma uma dupla no reality show — e com quem está grudada por uma pulseira. A jornalista e modelo de 29 anos reclamou do fato de o parceiro ser fumante. "Em menos de 24 horas, me tornei fumante", ela lamentou, arrancando gargalhadas dos colegas.

Atrasadinhos não entram: Polícia contém público em peça com Antonio Fagundes: 'Não tenho pretensão de educar ninguém', diz ator

Entenda: Clube cancela show de carnaval com Netinho após cantor defender atos golpistas

"Quando cheguei (no confinamento), vi que tinha uma pulseira e falei: 'É imunidade, o público votou e eu já estou entrando no jogo com tudo'. Entrei preocupada com os meus cílios. Não queria fazer a Lumena (Aleluia, ex-BBB), com alguma coisa solta (no 'BBB 21', Lumena virou meme por aparecer sempre com os cílios descolando). Estava preocupada com a minha imagem. Sou uma mulher bonita, e teria que ter uma entrada impactante", contou ela, numa dinâmica criada pelo próprios brothers para que falassem sobre suas duplas. "Entrei (aqui na casa), e aí vi que tinha alguém do lado que falou: 'Oi!'. Percebi que era o Guimê porque já tinha visto ele. Não sigo famoso (nas redes sociais), e acho que ele é o primeiro famoso que vou ter que seguir", acrescentou.

Tina continuou: "Em pouco tempo, a gente teve que aprender a lidar um com o outro, com as suas particularidades, as suas características... Ele tem Deus como centro, e eu tenho Deus como centro. A realização do meu sonho é a realização da minha família, e a mesma coisa é com ele... E em menos de 24 horas me tornei fumante", ela disse, chorando.

Ao que MC Guimê a interrompeu: "Pô, estava tudo lindo! Eu estava quase chorando, e você me solta essa!? Eu nem gosto de fumar", brincou o cantor de 30 anos.

Primeiro grupo no 'BBB 23'

Em 48 horas, alianças foram trocadas pra lá e pra cá e o primeiro grande grupo foi firmado, ainda que informalmente, no "Big Brother Brasil 23". Uma turma com dez pessoas já está em total sintonia na combinação de votos para a formação do primeiro paredão, no próximo domingo (22). O clubinho tem, entre seus integrantes, as duplas Key Alves e Gustavo, Gabriel e Paula, Aline Wirley e Bruno, Amanda e Antônio Cara de Sapato Júnior e MC Guimê e Tina.

Todos têm como alvo Cristian — o gaúcho que se gaba por ter um "topete invejável", como o próprio costuma dizer — e, por consequência, a cantora Marvvila, dupla do autointitulado "héterotop". Vale lembrar: o primeiro paredão do "BBB 23" será disputado entre duplas. Sim cada dupla votará em outra dupla, e os pares mais votados caem na berlinda.

'BBB 23': Bruna Griphao e Gustavo, do 'BBB 23', se estranham e protagonizam primeira treta; entenda

"Quem for líder tem que escolher outra dupla e deixar o Cristian para ser votado pela casa", disse o fazendeiro Gustavo para parte dos colegas. Os demais participantes concordaram que o administrador de academias é o único que não se entrosou com o resto da casa até o momento. Há quem reclame do jeitão autoritário do rapaz de 32 anos, que chegou a ter embates com a própria Marvvila, sua dupla, ao dizer que ela gastava muito tempo se maquiando.

"A personalidade dele é do tipo 'Maria vai com as outras'. Tem um benefício nesse quarto, ele fecha com a gente. Ah, está se sentindo ameaçado? Então ele volta lá para o quarto dele", afirmou Tina, sobre Cristian. "Todo mundo, praticamente a casa inteira, vai neles por conta do Cristian. O líder precisa escolher outra dupla para indicar, senão a casa fica sem opção", ressaltou a jogadora de vôlei Key Alves.