Tiroteio em boate de Cincinatti (EUA) termina com 1 morto e 15 feridos

(Atualiza com novos dados e declarações da Polícia).

Washington, 26 mar (EFE).- Uma pessoa morreu e 15 ficaram feridas em um tiroteio ocorrido na madrugada deste domingo em uma casa noturna de Cincinnati (Ohio), informou a polícia dessa cidade do leste dos Estados Unidos.

Em entrevista coletiva, o chefe da Polícia de Cincinnati, Eliot Isaac, confirmou que um homem identificado como Obryan Spikes, de 27 anos, morreu no tiroteio na boate Cameo.

"O bar estava muito cheio, com aproximadamente 200 pessoas. Alguns homens começaram a brigar no bar e a situação se complicou, com disparos sendo efetuados por parte de vários indivíduos. Como resultado, 16 pessoas ficaram feridas e uma delas morreu", disse.

Os feridos foram levados a vários hospitais da cidade em ambulâncias ou em veículos particulares, disse Isaac. Um deles está internado em estado muito grave.

Ninguém foi preso por enquanto. A capitã da polícia local Kimberly Williams tinha informado que as autoridades estão procurando duas pessoas que fugiram correndo do local.

O governador de Ohio e candidato nas primárias republicanas para a presidência dos EUA, John Kasich, condenou o tiroteio, que descreveu como "outra tragédia terrível em nosso país".

Não é a primeira vez que tiroteios ocorrem na Cameo. A boate foi palco dois incidentes similares em 2015. No dia 1º de janeiro, um homem foi baleado no pé. Em setembro do mesmo ano, uma pessoa foi encontrada morta no estacionamento do local.

Uma recompensa de US$ 10 mil foi oferecida por informações que levem à prisão dos autores do tiroteio. EFE