Tiroteio em Manguinhos durante ação da PM afeta a circulação de trens do ramal de Saracuruna

Extra
·1 minuto de leitura

Um tiroteio que acontece na Favela de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, na manhã desta sexta-feira,afeta a circulação dos trens do ramal de Saracuruna. De acordo com a SuperVia, a circulação de composições está parcialmente. Desde 8h30, não há partidas da Central do Brasil, e trens circulam apenas entre as estações Bonsucesso e Gramacho, além do trecho Gramacho-Saracuruna, informou a concessionária.

A Polícia Militar informou que agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de Manguinhos fazem uma operação para "coibir ações criminosas". De acordo com a corporação, não há informações de prisões nem de apreensões.

Segundo a SuperVia, às 8h20 os trens já estavam aguardando ordem de circulação nas imediações da estação de Manguinhos por causa do confronto na comunidade. A empresa destaca que a medida é de "segurança adotada pela SuperVia para preservar a integridade física dos clientes e colaboradores".

A concessionária informou, ainda, que "os passageiros estão sendo informados sobre a alteração por meio do sistema de áudio dos trens e estações, pelo site e pelas redes sociais". A SuperVia lamentou que "ocorrências como esta coloquem em risco seus clientes e colaboradores e causem transtornos à operação dos trens". E informou que, em 2020, registrou 36 casos de tiroteios nas proximidades da linha férrea que afetaram a circulação dos trens por 40 horas e 24 minutos.