Tiroteio na zona norte do Rio termina com um PM morto e três feridos

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Um tiroteio ontem (9) deixou um policial morto, além de três pessoas feridas, na zona norte do Rio de Janeiro. O tiroteio ocorreu quando policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Lins tentaram abordar ocupantes de uma moto, na Rua Barão do Bom Retiro, nas proximidades do complexo de favelas do Lins.

Segundo a Polícia Militar (PM), os homens reagiram e atiraram contra os policiais. O soldado Anderson de Azevedo Marques, de 31 anos, chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas morreu durante a cirurgia. Ele estava há três anos na Polícia Militar e deixou dois filhos.

Outro policial militar que estava na ação também foi baleado. Duas mulheres que passavam pelo local na hora dos tiros foram atingidas por balas perdidas.

Tiroteio no Zuzu Angel

Na madrugada de hoje, um tiroteio, envolvendo policiais militares e criminosos armados dentro do Túnel Zuzu Angel, na zona sul da cidade, terminou com duas pessoas feridas.

Segundo a PM, policiais do Batalhão do Leblon (23º BPM), que patrulhavam a área, decidiram abordar dois homens que estavam em uma moto, em atitude suspeita dentro do túnel. A PM informou que, durante a abordagem, os homens atiraram contra a equipe e houve confronto.

Durante o tiroteio, duas pessoas foram feridas com balas perdidas e encaminhadas para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Os criminosos conseguiram fugir.

Texto alterado às 10h para acréscimo de informações