Tiroteio de Oslo é um "ato terrorista"

Autoridades da Noruega tratam tiroteio de Oslo, contra comunidade LGBT como um ato terrorista. O perpetrador, um islamista de 42 anos, está detido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos