Titanic II terá 'compartimento de segurança'

O bilionário australiano Clive Palmer informou nesta terça-feira que sua versão moderna do Titanic terá um novo "compartimento de segurança", além da primeira, segunda e terceira classes do original.

Leia também:
Incêndio atinge prédio de 42 andares em Istambul
Tiroteio em festa de rua em Toronto deixa dois mortos e 21 feridos

Ao apresentar as plantas preliminares e projetos do Titanic II, que será construído na China, o magnata da mineração afirmou que a embarcação terá os nove compartimentos originais e um adicional de segurança.

"Isso serve para garantir que o navio seja perfeitamente condizente com as normas atuais de segurança", explicou Palmer em uma declaração à AFP.

"Também irá aumentar a área acessível aos passageiros", acrescentou.

O novo compartimento terá botes salva-vidas, calhas e tobogãs de evacuação, assim como novos cômodos comuns a todos os passageiros.

Palmer disse que as plataformas mais altas irão abranger os salões, escadas, cabines e outros cômodos semelhantes aos do Titanic original, que naufragou em 15 de abril de 1912, após colidir com um iceberg em seu trajeto para Nova York.

Contudo, os planos da Deltamarin, companhia finlandesa responsável pelo design e engenharia do navio, também incluem uma nova escada de emergência e elevadores de serviço, além de um deck remodelado para conter as acomodações da tripulação, lavanderia e a maquinaria.

O exótico bilionário anunciou que a primeira viagem do Titanic II está agendada para o fim de 2016, quando deve partir da China em direção à Inglaterra para depois seguir seu trajeto original até os Estados Unidos. O interesse foi "extraordinário", disse.

Palmer afirmou que o navio terá um cassino, mas haverá "restrições rígidas" sobre quem poderá jogar.

"Haverá uma espécie de triagem para garantir que as pessoas que joguem tenham dinheiro para bancar as apostas", disse ele, segundo Associated Press na Austrália.

O empresário, que tem uma fortuna estimada em Aus$3,85 bilhões (US$ 3,96 bilhões), de acordo com a revista australiana BRW, contou que a proa do Titanic II terá aproximadamente um metro a mais de comprimento do que o original, para dar mais "estabilidade".

"No entanto, mantivemos a essência do Titanic com a primeira, segunda e terceira classes. Eu acho isso muito importante", considera Palmer.

"Assim, se você comprar uma passagem para a terceira classe, poderá dividir o banheiro, sentar em uma longa mesa para jantar para comer um ensopado irlandês e dançar todas as noites", brinca o empresário, que diz que ele próprio vai viajar de terceira classe.

Palmer não confirmou o valor do projeto, mas afirmou não estar buscando parceiros financeiros para reconstruir o navio, cujo naufrágio completou um século.

"Se você procura parceiros, as coisas podem não se concretizar. Isso é apenas para eu dar um pequeno passeio ao redor do mundo", disse.

Houve certo ceticismo quando Palmer anunciou em abril seus ambiciosos planos de construir o Titanic II com as mesmas dimensões de seu antecessor.

Embora ainda não tenham sido aprovadas, para Palmer, as plantas demonstram o compromisso de sua companhia, a Blue Star Line, com o projeto, e permitem que a chinesa CSC Jinling Shipyard inicie os trabalhos.

O navio terá quase 270 metros de comprimento e uma tonelagem bruta estimada de 65.000 toneladas.

O Titanic original, construído em Belfast, na Irlanda, afundou em sua primeira viagem, de Southampton para Nova York, matando mais de 1.500 pessoas, entre passageiros e tripulação.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias