Titi Müller decide desmamar filho após sentir dor e desenvolver abscesso

·2 minuto de leitura
A apresentadora falou sobre amamentação (Foto: Reprodução/Instagram/@titimuller)
A apresentadora falou sobre amamentação (Foto: Reprodução/Instagram/@titimuller)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A apresentadora Titi Müller, 34, revelou por meio das redes sociais que desde a última semana tem desmamado seu filho, Benjamin, de 9 meses, truto do relacionamento com Tomas Bertoni, músico e vocalista da banda Scalene. Segundo ela, a dor e o desenvolvimento de um abscesso a fizeram tomar essa decisão. 

"Foi mais fácil do que imaginei. Eu estava tendo a necessidade de tomar cada vez mais remédios por conta da dor. Eu operei, fiquei 48 horas sem dor nenhuma. Estava fazendo amamentação mista para tentar driblar a meia vida do remédio", começou. 

Leia também

"A dor começou a voltar e não estava mais valendo a pena. Estava oferecendo o peito só para ele dormir. Então, desmamei na quarta-feira passada (17). A partir de quinta (18), ele não pediu mais o peito. Passei o fim de semana inteiro maravilhoso", emendou. 

A apresentadora relatou que até conseguiu tomar um vinho sem culpa após o ato. E também celebrou estar mais presente com o menino. "Não tem como uma mãe ser presente sentindo dor. Não dá para normalizar dor de mãe nenhuma, gente", afirmou. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Titi explicou que nos últimos três meses teve abscesso, que é quando se desenvolve uma bolsa de pus em tecidos, e que ficou com uma fístula aberta por dois meses. "Eu estava arrastando correntes amamentando. E ele nem estava tão a fim, na real", comentou. 

A apresentadora garante que Benjamin não sofreu com a mudança. "Começa uma nova etapa. Eu estou mais grudada do que nunca nele. Ficou claro que a amamentação é muito importante. Eu amamentei nove meses, fiz o meu melhor. Fui além do meu limite. Estou me sentindo bem livre e aliviada", concluiu.