Toda Itália em quarentena

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, pediu nesta segunda-feira a todos os italianos para ‘evitar os deslocamentos’ no território, proibiu as concentrações e dispôs que centros educacionais permaneçam fechados até 3 de abril para deter a epidemia do novo coronavírus.