Tomás, filho de 15 anos, foi o fiel escudeiro de Bruno Covas nos últimos meses

·1 minuto de leitura
Bruno Covas e Tomas no hospital (Instagram/@brunocovas)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Fotos, mensagens carinhosas e de esperança estiveram sempre presentes nas redes sociais de Bruno Covas, que morreu neste domingo (16), quando quem estava ao lado era o filho Tomás, 15 anos. O adolescente, que sonha em ingressar na juventude tucana logo mais, foi a companhia preferida do pai em seus últimos meses. 

Não importava a circunstância, Covas estava sempre escoltado pelo filho. Foi assim ao assumir a prefeitura e nos jogos do Santos. 

Leia também

Mesmo em meio ao tratamento, o prefeito encontrou forças para se aventurar com o filho em 19 de dezembro. "Como se não bastasse me acompanhar em toda a campanha, hoje saltou de paraquedas comigo. Obrigado, Tomás! Te amo, filho", disse, na postagem. 

O garoto se mudou em 2020 para o apartamento de 70 metros quadrados e dois quartos do pai na Barra Funda, na zona oeste da cidade de São Paulo. Foi de lá que acompanhou Covas durante as eleições. 

A última foto com Tomás foi postada no dia 4, com o garoto vestindo a camisa do Santos. "Mais uma batalha vencida. Tenho fé que vou vencer cada obstáculo", iniciava a mensagem. Por fim, uma menção ao time, que jogaria à noite: "E daqui a pouco é torcida para nosso @santosfc!!". 

O time santista goleou o The Strongest (BOL) por 5 a 0 na ocasião.