Tom Brady acha que não precisa de protetor solar porque bebe muita água (muita mesmo)

Tom Brady ao lado da esposa Gisele Bündchen em evento. Foto: Getty Images

Tom Brady, o maior quarterback da história da NFL e conhecido no Brasil por ser o marido de Gisele Bündchen, entrou em uma grande polêmica nos últimos dias, após o lançamento do seu livro: “The TB12 Method”, uma mistura de autobiografia com dicas para se tornar um atleta de alta performance.

Uma das coisas curiosas do livro, que não é encorajada por cientistas, é o não uso de protetor solar pelo simples fato de um alto consumo de água. Brady, no caso, toma cerca de 11 litros de água por dia.

“Quando eu era pequeno, e jogando exposto ao sol, eu me queimava muito. Eu era um garoto com ascendência irlandesa, afinal. Hoje em dia, mesmo se eu ficar muito exposto ao sol, não fico queimado, algo que eu credito à quantidade de água que ingiro”, escreveu em um dos trechos da obra de 300 páginas.

Ele ainda recomendou aos leitores para colocarem na água os “Eletrólitos TB12”, suplemento da sua linha de produtos naturais. Há várias intervenções no livro nesse sentido.

Leia também:
Jogadores que poderiam ter sido vendidos pelo preço de Neymar no passado
Jogadores mais engraçados das redes sociais
10 provocações dentro de campo que deram o que falar