Tom Cruise chega de surpresa a Comic-Con para apresentar novo 'Top Gun'

Tom Cruise volta a interpretar o piloto Pete "Maverick" Mitchell na sequência de "Top Gun", prevista para 2020

Tom Cruise apareceu nesta quinta-feira de surpresa na Comic-Con para apresentar o primeiro trailer de "Top Gun: Maverick", que definiu como uma "carta de amor à aviação".

A presença do ator não estava prevista na apresentação desta esperada sequência do filme de 1986 que impulsionou a hoje estrela de Hollywood.

"Me perguntaram muitas, muitas, muitas vezes. Viajei pelo mundo todo e as pessoas me perguntam quando faria outro ['Top Gun']", disse Cruise, de 57 anos, no Hall H do Centro de Convenções de San Diego, onde se realiza a maior conferência de cultura pop do mundo.

"Tiveram paciência comigo por 34 anos e senti que era minha responsabilidade cumprir isso finalmente".

As imagens exibidas nesta quinta-feira revelaram pouco da trama, mas mostraram um envelhecido Pete "Maverick" Mitchell como um piloto de guerra sem mais chances de ascensão que se recusa a se aposentar.

As cenas dos caças decolando dos porta-aviões são "reais" graças à colaboração da Armada dos Estados Unidos com a produção, disse Cruise.

"Queria oferecer a todos a experiência de estar dentro de uma aeronave. É uma carta de amor à aviação", apontou.

O trailer mostra Cruise vestindo sua icônica jaqueta de couro e dirigindo uma moto de corrida, assim como cantando em um bar.

O "Top Gun" original, que foi um sucesso de bilheteria em 1986, foi baseado em um programa de treinamento real que era realizado em uma base de San Diego.

O novo filme, que estará em cartaz em 2020 e foi dirigido por Tony Scott, acompanha a vida deste piloto e seu estilo irresponsável e perigoso de voo.

Além do aguerrido "Maverick", volta "Iceman", novamente interpretado por Val Kilmer.