Tom Cruise fala sobre dispensar dublês: "quebrei muitos ossos"

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
Tom Cruise anuncia que 'Missão: Impossível' terá mais dois filmes
Tom Cruise se segura na porta de um avião em cena de "Missão: Impossível – Nação Secreta" (2015) (reprodução)

Resumo da notícia:

  • Tom Cruise admitiu em entrevista recente que dispensa dublês em cenas de ação: "eu quebrei muitos ossos"

  • Ator de 58 anos diz que se sente estimulado pelo perigo em cena: "é estressante, mas também emocionante"

  • O astro afirma ter trabalhado sete dias por semana nos últimos meses para dar conta das filmagens do próximo "Missão: Impossível"

Tom Cruise fez uma pausa nas turbulentas gravações de "Missão: Impossível 7" e concedeu uma entrevista ao programa 'The Graham Norton Show' nesta semana. Durante a conversa, o astro de 58 anos confirmou algo que os seus colegas de trabalho já cansaram de dizer: ele dispensa dublês em cenas de ações.

"Sou um ator muito físico e adoro fazer [essas cenas]. Eu estudo e treino e levo muito tempo tentando descobrir tudo. Eu quebrei muitos ossos!", disse ele, que chegou a ser visto passeando em cima de um trem em alta velocidade na Noruega no ano passado.

Leia também:

"A primeira vez de qualquer dessas cenas é estressante, mas também emocionante. Me disseram algumas vezes durante as filmagens de uma cena para parar de sorrir!", acrescentou. Confira abaixo um trecho da entrevista (em inglês).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Gravações durante a pandemia

Tom Cruise, dessa vez, corre contra os atrasos do próprio filme (reprodução)
Tom Cruise, dessa vez, corre contra os atrasos do próprio filme (reprodução)

Quase todas as gravações de "Missão: Impossível 7" e "Missão: Impossível 8" ocorreram durante a pandemia provocada pelo novo coronavírus. Os rígidos protocolos de segurança impostos por Tom Cruise fizeram o trabalho ser mais estressante, fazendo o próprio astro perder a cabeça e gritar com os funcionários, como mostrou um áudio vazado.

Durante a entrevista, Tom Cruise admitiu o cansaço pelos últimos meses. "Estar aqui é a primeira vez que saio da bolha do cinema - isso é simplesmente incrível. Desde o momento em que ficamos presos, tenho trabalhado sete dias por semana quase o tempo todo, porque estávamos terminando 'Top Gun' e preparando a 'Missão Impossível'", contou ele.

Para impedir que as gravações e os contratos fossem canceladas, Tom Cruise precisou usar toda a sua influência como astro de Hollywood. "Eles fecharam 'Missão' e disseram que não filmaríamos por mais um ano, então eu tive que descobrir [um jeito]. Trabalhamos com governos, médicos e nossa equipe para manter todos trabalhando - ainda não tive aquele momento de relaxamento", finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.