Top Laura Fernandez fala sobre Preta Gil, que está com coronavírus: 'Minha filha sente muita falta da avó'

Gilberto Júnior
Laura Fernandez

Como está sendo esse período de quarentena para você?

A liberdade não tem preço. Sou uma pessoa muito ativa. Coloco a mão na massa mesmo. Saio, corro atrás, gosto de andar, ver a vida, as pessoas... Então, não poder ser “livre” tem me feito falta.

Como recebeu a notícia de que Preta Gil estava com coronavírus? Mudou alguma coisa na rotina da família?

Ficamos muito preocupados. Além de tudo, ela não estava por perto para podermos dar uma ajuda mínima (Preta está em São Paulo). A gente sabe de toda a situação, mas quando a Covid-19 chega perto dessa forma, a tensão aumenta. Tivemos um contato mínimo com ela e, assim que ficamos sabendo do caso, fizemos o teste e deu negativo.

Fala com a Preta sempre?

Ela está bem... Minha filha (Sol de Maria, de 4 anos) sente muita falta da avó e estamos tentando manter uma conversa até porque, nesse isolamento, isso nos ajuda a ficarmos próximos.

Como ficou sua vida? Consegue malhar? Praticar ioga? Ou está muito nervosa e ansiosa?

Não fiz exercícios desde que estamos isolados. É um período muito tenso. A tensão está no ar. E acho impossível não se sentir ansiosa ou nervosa minimamente. Tenho cada vez mais me conscientizado de que sou privilegiada por ter uma casa, comida e condições para estar nessa quarentena de forma tranquila. Com isso, tento ajudar as pessoas de alguma forma. É um período estranho, mas também podemos usar esse tempo para refletir sobre nossa existência e sobre como as pequenas coisas são necessárias para nós.