Torcedor faz tatuagem em homenagem a Fred e sonha conhecer ídolo: "Doeu mas o amor é maior"

Michel Eller, ourives, de 40 anos, saiu do Maracanã, após a vitória do Fluminense por 4 a 0 contra o Corinthians, na semana passada, convicto de que a hora tinha chegado: ele tomou coragem e fez uma tatuagem de seu maior ídolo do futebol na perna esquerda, o Fred. "Tricolor doente", ele sonha em conhecer o atacante, que se despede dos gramados neste sábado, em partida contra o Ceará.

— Tenho tatuagens com os nomes dos meus dois filhos e da minha esposa. Só faltava do meu maior ídolo — falou o torcedor.

Ele contou que estava com vontade de fazer o desenho há um tempão. Mas que depois "daquele jogo", em que levou os filhos Eduarda (4 anos) e o Breno (16), encarou a agulha. Michel escolheu um gol de voleio do ídolo, em partida contra o Flamengo.

— Tomei coragem e fiz. Doeu mas o amor é maior. Acho que o momento era esse mesmo, perfeito — conta Michel, que mora entre São Paulo e Rio e está na cidade para o jogo de hoje à noite. — Acredito que o Fred começará jogando e que vai ter um pênalti para ele marcar mais um. Depois de semana passada tudo pode acontecer.

Fred, que vai se aposentar na partida deste sábado, contou que tem diploplia, que é popularmente chamado de "visão dupla". Esse sintoma ocorre quando uma pessoa enxerga uma única imagem como se fossem duas. A diplopia pode ocorrer por diversos fatores como consequência da diabetes, infecções virais ou traumas.

Após o jogo contra o Corinthians, em que Fred marcou um gol, ele contou que enxergava duas bolas mas que conseguiu acertá-la no lance em que a mandou para as redes de Cássio.

— Fred vai tapar um dos olhos e enxer a bola de novo. Vai ser um jogo lindo — espera o torcedor, que marcou o ídolo em postagem no Instagram, mostrando sya tatuagem. — Tenho a esperança de conhecê-lo ou de, ao menos, que ele compartilhe o vídeo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos