Torcedores do Manchester United protestam contra donos do clube

·1 min de leitura

Por Peter Hall

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - Milhares de torcedores do Manchester United fizeram um protesto contra os donos do time do lado de fora do estádio antes do confronto da Premier League com o Norwich City neste sábado, exigindo que a família Glazer "saia do clube".

Torcedores empunharam uma faixa que dizia "queremos nosso clube de volta". Eles acenderam sinalizadores e cantaram canções contra a família Glazer, o que levou ao fechamento de catracas por medo de uma repetição de maio do ano passado, quando torcedores invadiram o estádio e se reuniram em campo, forçando o adiamento de uma partida da Premier League contra o Liverpool.

O Manchester United foi comprado pela família americana Glazer por 790 milhões de libras (US$ 1,1 bilhão) em 2005. Embora o clube esteja listado na Bolsa de Valores de Nova York desde 2012, os Glazers mantêm a participação majoritária.

O movimento anti-Glazer ganhou força depois que o United se envolveu em uma tentativa fracassada de formar uma Superliga Europeia separatista no ano passado.

E as dificuldades da equipe em campo continuam. No final da temporada, serão cinco anos sem troféus para o United e nove desde o último triunfo na liga.

(Reportagem de Peter Hall)((Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695)); REUTERS BC)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos