Torcedores ressuscitam lance de Miranda após polêmica do gol de empate da Suíca

Miranda cantando hino do Brasil, entre Thiago Silva e Coutinho. Foto: Getty Images

No lance do gol de Zuber, que deu o empate para a Suíça contra o Brasil, o zagueiro brasileiro Miranda foi empurrado. Muito se questionou sobre o árbitro de vídeo não ter sinalizado para o juíz principal que houve o empurrão na jogada, pelo menos para que ele revisse o lance e decidisse se deveria ou não marcar falta.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Na saída do gramado, Miranda criticou a não atuação do VAR: “Talvez se eu tivesse me jogado poderia assinalar mais o empurrão. Tem o árbitro de vídeo, eles acharam que não foi para tanto”. As palavras do jogador na saída do gramado fizeram com que torcedores lembrassem e ressuscitassem um episódio envolvendo um lance de Miranda muito similar ao ocorrido na estreia do Brasil nessa Copa, mas no qual o zagueiro foi o autor de um empurrão, estava impedido, marcou o gol e afirmou que não havia ocorrido a falta.

A jogada revivida pelos torcedores nas redes sociais aconteceu contra o Corinthians, em 2009, quando Miranda ainda atuava pelo São Paulo. Era o jogo da ida das semi-finais do Campeonato Paulista. O jogo estava zero a zero quando Miranda, 30 centímetros impedido, cometeu falta ao empurrar fortemente Chicão, tirando o defensor do Corinthians da jogada para marcar o gol. Na ocasião, perguntado sobre o lance polêmico, suas palavras foram: “Temos uma jogada forte que é a bola na área e eu fui lá para concluir. O juiz está ali para apitar. Se ele não apitou, não foi nada”.

Veja o lance.

Leia também:
Direto da Rússia – Brasileiros provocam argentinos nas ruas
Direto da Rússia – Maluca noite da seleção espanhola
Maradona detona Sampaoli e mostra ser adepto do escanteio curto