Torcedores vaiam protesto antirracista dos jogadores da Inglaterra: 'Não entendo por que eles fizeram isso', diz Saka

·1 minuto de leitura

O técnico da Inglaterra, Gareth Southgate, criticou os torcedores que vaiaram os jogadores ingleses e austríacos que se ajoelharam durante o hino nacional em protesto contra o racismo. As vaias aconteceram antes da vitória por 1 a 0 no amistoso contra a Áustria, na quarta-feira, em Middlesbrough. O ato faz parte da campanha "No Room For Racism" (Sem Espaço Para o Racismo)

O treinador defendeu os jogadores e destacou que o ato não deve ser visto como um mensagem política de lados diferentes.

–Eu ouvi. Não é algo que eu gostaria de ouvir porque parece que é uma crítica a eles. Acho que temos uma situação em que algumas pessoas parecem pensar que é uma posição política com a qual não concordam. Essa não é a razão pela qual os jogadores estão fazendo isso. Estamos nos apoiando. Fiquei satisfeito por ter sido abafado pela maioria da multidão– disse o treinador após o jogo.

Southgate acrescentou que todos os membros da seleção inglesa apoiam os protestos antirracistas nos estádios de futebol.

– Não podemos negar o fato de que aconteceu. Acho que a coisa mais importante para nossos jogadores saberem é todos os seus companheiros de equipe e todos os funcionários dão muito apoio. Acho que a maioria das pessoas entende isso. Acho que algumas pessoas não estão entendendo bem a mensagem. Suponho que estamos vendo isso em vários estádios de futebol no momento – afirmou.

Bukayo Saka, que marcou o gol da vitória, ficou perplexo com a aitude dos torcedores.

–Não entendo por que eles fizeram isso. Eu ouvi algumas vaias e algumas palmas. Mas você terá que perguntar aos fãs que estavam vaiando para entender por que eles fizeram isso – disse o jovem de 19 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos