Touro de ouro da B3 amanhece com os dizeres “taxar os ricos”

·2 min de leitura
Touro de ouro da B3
Esta é a segunda vez que a escultura é alvo de protestos, desde que foi inaugurada nesta terça-feira (16)

(NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

  • Touro de ouro da B3 é alvo de novos protestos

  • Manifestantes picharam "taxar os ricos" na estátua

  • Responsáveis buscam mostrar que "nem a fome, nem os bilionários deveriam existir"

O touro de ouro da B3, bolsa de valores do Brasil, foi alvo de novos protestos nesta quinta-feira (18). A estátua amanheceu pichada com os dizeres “taxar os ricos”, ação tomada pelo Movimento Juntos com o intuito de “expor a contradição entre a existência de bilionários enquanto o povo vive à procura de ossos de boi e carcaças de frango”.

Leia também:

"A intervenção na escultura inaugurada em frente a Bolsa de Valores em São Paulo é parte da campanha do nosso movimento que busca dizer que nem a fome, nem os bilionários deveriam existir: taxar os ricos para combater a crise", explicou em publicação no Twitter.

De acordo com o post, o touro, que representa o mercado financeiro e foi inspirado no de Wall Street, simboliza um descolamento da realidade, tendo em vista a crise financeira e econômica enfrentada pelo Brasil.

Touro de ouro já havia sido alvo de outros protestos

Na manhã desta quarta-feira (17), manifestantes protestaram contra a fome ao colar cartazes na estátua da B3. Segundo o grupo, o monumento que representa "o otimismo e a força dos investidores" no mercado financeiro é uma contradição num país que "tem uma expansão desigual, que deixa de fora especialmente a classe de renda mais baixa".

Um dia antes, quando a estátua foi inaugurada, usuários do Twitter já haviam criticado a instalação do touro, tanto pela questão estética quanto simbólica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos