Três hospitais públicos infantis de São Paulo registraram aumento de internações por Covid-19

CLÁUDIA COLLUCCI
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Três hospitais públicos infantis de São Paulo registraram aumento de internações por Covid-19 nos últimos dias, o que pode estar associado à volta às aulas na rede particular. Embora não sejam altas explosivas, representam um pico que não era visto desde dezembro. No Hospital Municipal Cândido Fontoura, as internações passaram de sete, no dia 2 de fevereiro, para 12 (+140%), na última terça ( 9). No Hospital Darcy Vargas, o aumento foi de quatro para nove (+125%), e no Menino Jesus, de sete para nove (+61%). "Esse pico coincide com uma semana depois do início das aulas na rede particular, que voltou dia 1° de fevereiro", diz o professor da Unesp Wallace Casaca, coordenador do Infotracker, sistema da Unesp e USP que monitora a pandemia no estado. Segundo ele, outros hospitais infantis na Grande SP e do interior também apresentam tendência de aumento, o que deveria servir de alerta, especialmente, agora com a volta às aulas da rede estadual de São Paulo, na última segunda (8). O infectologista Francisco Ivanildo Oliveira, gerente médico do Sabará Hospital Infantil, diz que o hospital percebeu um aumento no movimento do pronto-socorro nas últimas duas semanas, motivado por quadros respiratórios, mas não com diagnóstico de Covid-19. "Estamos percebendo de forma incipiente tem voltado o vírus sincicial respiratório, associados às bronquiolites, que tinham diminuído. Tínhamos ficado meses sem ter casos, agora já reapareceram. Não sabemos se vamos ter uma estação de bronquiolites por conta do retorno das escolas, das creches, que movimentam essa transmissão fora de casa."