Três meses após demissão, ex-cabeleireira de Safadão se reinventa, pensa em carreira artística e nega briga com cantor: ‘Só gratidão’

·3 minuto de leitura

Fácil não foi, admite Odete. Nascida João Lemos, viu o apelido se sobrepor ao nome que carrega na carteira de identidade, e do qual não pretende abrir mão. Passados três meses de sua demissão da empresa de Wesley Safadão, após um corte geral de funcionários e alguns desgastes pessoais, a cabeleireira que ganhou fama acompanhando o cantor por sete anos, está se reinventando. Não só na aparência, que é mesmo de impressionar.

“Tirei um tempo para pensar, colocar a cabeça em ordem e saber quem eu sou sem meu antigo emprego. Agora está tudo bem e estou aberta a novos trabalhos. Até porque preciso pagar os boletos”, dispara.

Ela, ele, tanto faz para Odete. O apelido dado pelo antigo patrão abriu portas para que ganhasse fama. principalmente nas redes sociais, onde hoje atua como influenciadora. “Sei que tem gente que me segue e acredita em mim, nas coisas ue mostro, que uso. Então, por que não fazer disso um negócio também?”, observa.

E os números de Odete são de gente famosa. Com 2 milhões de seguidores no Instagram, ela sabe que fala com um público bastante empoderado. “83% dos meus seguidores são mulheres. E são elas que consomem maquiagem e produtos para cabelo”, diz: “Também te uma parte grande de pessoas do meio LGBT. Eu não sou trans como muita gente pensa e não quero fazer transição, botar peito, nada disso. Mas levanto a bandeira delas, de respeito e combate ao preconceito”.

Espontãnea e engraçada, Odete deixou de ser apenas uma pessoa dos bastidores para se tornar foco. Longe de Safadão, ela tem feito participação em lives de outros cantores e até cantado. “É tudo uma grande brincadeira. São amigos meus, que eu fiz ao longo da carreira, nos camarins, e vou lá e canto um pouco. Mas nunca pensei em me lançar como cantora, assim. Mas quem sabe a carreira artística nos palcos também não seja pra mim? Arsiata dos pinc~eis e cabelos eu já sou”, dispara.

Odete não precisa ser modesta. Basta olhar para ela própria. Ela se submeteu a procedimentos estéticos e transformou seu rosto e corpo. “Foi tudo muito sutil. Sei que sou bem diferente de antes, mas meus médicos só melhoraram o que eu já tinha. Todo mundo acha que mexi na mandíbula, e não. Só fiz alguns preenchimentos de malar, botox, feminilização do rosto. Meu maior sonho era colocar lentes de contato nos dentes depois que usei aparelho. Queria um sorriso perfeito”, conta.

Conseguiu. O corpão visto nas fotos, garante ela, é de família. “Perna grossa e quadril vem de casa. Masmalho bastante, dizem que depois dos 30 fica mais difícil”, pondera ela, de 28 anos.

sobre a polêmica que cercou sia demissão da equipe de Wesley safadão, Odete não fala. Mante´m uma fidelidade quase canina a Dona Bil, mãe do cantor, e se limita a dizer que o pior já passou. “Tenho muita gratidão a eles, a essa família, que praticamente foi minha também. Mas chega uma hora que todos temos que seguir nosso caminho. Esperio seguir o meu agora”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos