Três morrem após desabamento de falésia em Pipa, no Rio Grande do Norte

ÍCARO CARVALHO
·1 minuto de leitura

NATAL, RN (FOLHAPRESS) - Um casal e uma criança de sete meses morreram após o desabamento de uma falésia na praia de Pipa, na região metropolitana de Natal (RN), por volta das 12h desta terça-feira (17). Não há mais feridos. Segundo a polícia, o caso aconteceu na praia do Centro, na região central de Pipa, um dos destinos turísticos mais conhecidos do Rio Grande do Norte. A família estava na parte de baixo da falésia quando houve o rompimento. A identidade das vítimas ainda não foi confirmada pelas autoridades. Equipes dos Bombeiros do Rio Grande do Norte, da Polícia Civil e do Instituto Técnico Científico de Perícia estão no local. Os corpos já foram retirados dos escombros. A praia de Pipa fica em um distrito de Tibau do Sul, cidade a cerca de 85 km de Natal. Além das praias, o local também é famoso por festivais culturais e gastronômicos. O local não tem registrado grandes volumes de chuvas recentemente. Nesta época do ano, porém, a maré bate muito na base da falésia onde ocorreu o acidente, segundo moradores. Eles também afirmaram que não são incomuns os registros de desabamentos nas falésias após a presença de chuvas. No começo de setembro, uma turista grávida e um namorado, ambos de 21 anos e de João Pessoa (PB), perderam o controle durante um passeio de quadriciclo e caíram num trecho dessas falésias, no local conhecido como Chapadão, que tem cerca de 40 metros de altura. Ambos ficaram feridos mas foram resgatados com vida e conscientes.