Três morrem em tiroteio em loja no Estado de Washington, nos EUA; suspeito está foragido

(Reuters) - Três pessoas foram mortas em um tiroteio em uma loja de conveniência no centro do Estado norte-americano de Washington na terça-feira, disse a polícia, e o suspeito está foragido e é considerado perigoso.

A polícia foi chamada a uma loja Circle K em Yakima, Washington, por volta das 3h30, horário local, quando três pessoas, que não foram identificadas, foram encontradas mortas, disse o delegado Matt Murray a repórteres. Duas vítimas foram baleadas dentro da loja, enquanto uma terceira foi baleada do lado de fora, no que as autoridades disseram parecer um ato aleatório de violência.

O motivo é desconhecido e o suspeito é considerado um perigo para a comunidade, disse ele.

"Parece ser uma situação aleatória. Não houve conflito aparente entre as partes", disse Murray. "O homem simplesmente entrou e começou a atirar."

Esta semana, os Estados Unidos ficaram horrorizados com atentados a tiros consecutivos na Califórnia, que deixaram 18 mortos.

Após abrir fogo na loja, o suspeito atravessou a rua correndo e atirou contra um veículo, obrigando o motorista a se deslocar para o banco do passageiro. O suspeito roubou o carro, descrito como um sedã Chrysler cinza ou prata, e fugiu, disse a polícia.

A condição do motorista, incluindo se ele estava ferido, é desconhecida.

A polícia coletou imagens de segurança e relatos de testemunhas oculares da cena como parte de uma investigação. O departamento de polícia divulgou uma foto nas redes sociais de um homem vestindo todo preto, incluindo chapéu, moletom e jeans, e tênis Nike branco.

Yakima é uma cidade com cerca de 97.000 habitantes no Yakima Valley, em Washington, uma região agrícola conhecida pelas plantações de maçãs e vinícolas.

(Reportagem de Tyler Clifford)