Três presos são mortos em penitenciária na Bahia em briga de facções

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Uma disputa de facções resultou na morte de três detentos neste sábado (7) no conjunto Penal de Feira de Santana (a 109 km de Salvador). A situação no presídio estava controlada neste domingo (8) e não havia indicativo de rebelião.

Foram encontrados mortos Júlio César da Silva Rocha, 31, Everson Avelino de Jesus, 23, e Marcos Antônio Vitória Nunes, 32. Dois deles foram degolados.

De acordo com informações da Polícia Civil, seis presos foram autuados em flagrante na tarde deste domingo (8) após investigação preliminar de equipes da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior.

Diretor com Complexo Penal de Feira de Santana, José Freitas Júnior afirma que as mortes são reflexo de uma briga entre facções criminosas que se acirrou com mortes que aconteceram nos últimos dois dias fora da unidade prisional.

A direção do Complexo Penal realizou revistas nos pavilhões e suspendeu o banho de sol de parte dos presos, pois há informações da possibilidade de mais mortes durante o dia.

Todos os presos que estavam nas celas onde aconteceram as mortes foram ouvidos pela Polícia Civil e devem ser responsabilizados pelo crime, além de responderem administrativamente por falta disciplinar.

A equipe do Departamento de Polícia Técnica realizou perícia nas celas onde ocorreram as mortes. Neste domingo, asituação era considerada controlada pela direção do Complexo Penal.