Três quartos dos brasileiros apoiam impeachment se Bolsonaro desobedecer Justiça, diz Datafolha

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO (Reuters) - Três quartos dos brasileiros são favoráveis ao impeachment do presidente Jair Bolsonaro se ele fizer o que prometeu nas manifestações do 7 de Setembro e deixar de cumprir decisões judiciais, mostrou no sábado pesquisa do Datafolha.

Segundo o levantamento, 76% são a favor de que Bolsonaro sofra um processo de impeachment caso não cumpra decisões da Justiça, enquanto 21% dizem que isso não deveria ocorrer. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

Em um dos atos do 7 de Setembro, falando a milhares de manifestantes na Avenida Paulista, em São Paulo, Bolsonaro disse que não acataria mais decisões do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

Moraes conduz no STF investigações sensíveis contra Bolsonaro e aliados dele, como o inquérito das fake news e dos atos antidemocráticos.

Dois dias depois, no entanto, Bolsonaro mudou o tom ao divulgar uma Declaração à Nação, na qual afirmou que existem "naturais divergências" em algumas decisões de Moraes, mas que essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas.

A nova declaração, que veio a público após um encontro com o ex-presidente Michel Temer, ocorreu depois da reação da cúpula do Judiciário. Um dia após as falas de Bolsonaro no feriado do Dia da Independência, o presidente do STF, Luiz Fux, afirmou que o descumprimento de decisões judiciais configura crime de responsabilidade.

O Datafolha ouviu 3.667 pessoas com 16 anos ou mais entre os dias 13 e 15 de setembro.

(Por Alexandre Caverni)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos