Três tiroteios deixam 9 mortos nos EUA no fim de semana

Imagem de câmera de segurança mostra pessoas em pânico em meio a tiroteio em rua da Filadélfia, nos Estados Unidos

Por Kanishka Singh e Daniel Trotta

(Reuters) - Tiroteios em três cidades norte-americanas mataram nove pessoas e feriram mais duas dezenas na noite de sábado e na manhã de domingo, os mais recentes episódios de violência armada após três tiroteios em massa que abalaram os Estados Unidos recentemente.

Na Filadélfia, um confronto entre dois homens se transformou em disparo de balas em um bairro cheio de bares e restaurantes, matando três pessoas, ferindo 12 e desencadeando pânico enquanto as pessoas tentavam fugir, disse a polícia.

Da mesma forma, um tiroteio começou depois da meia-noite perto de um bar em Chattanooga, no Tennessee, deixando três mortos e 14 feridos, segundo a polícia.

Em mais um tiroteio nas primeiras horas de domingo, três pessoas foram mortas e duas ficaram feridas em Saginaw, no Michigan, informou a televisão WEYI, citando um comunicado da polícia. Ao contrário dos outros dois casos, que afetaram pessoas não relacionadas ao tiroteio, todas as cinco no tiroteio em Michigan estavam envolvidas no incidente, disse a polícia.

Nenhum suspeito havia sido detido até a noite de domingo.

A violência ocorreu no momento em que comunidades em três outras cidades ainda sofrem com os massacres que mataram 10 pessoas em uma mercado em Buffalo, Nova York; 21 em uma escola primária em Uvalde, Texas; e quatro pessoas em uma instalação médica em Tulsa, Oklahoma.

Em Uvalde, Alithia Haven Ramirez, de 10 anos, foi enterrada no domingo. Ela foi uma das 19 crianças mortas por um homem de 18 anos armado com um rifle semiautomático AR-15.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos