Trader da bolsa é condenado pela CVM a pagar meio milhão de reais por fraude

·1 minuto de leitura
Imagem ilustrativa. (Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa. (Foto: Getty Images)
  • Day trader foi condenado pela CVM a pagar multa por práticas irregulares.

  • Multa de R$ 587.650,20 é por ‘práticas não-equitativas’ em 2013.

  • Trader ganhou sobre outros participantes do mercado em movimentações irregulares.

Um trader da bolsa de valores brasileira, que negocia compra e venda de ações com o intuito de obter lucro nos movimentos de alta e baixa de papéis, foi condenado pela Comissão de Valores Mobiliários, órgão que regula o mercado financeiro nacional.

Leia também:

O trader foi condenado pela CVM a pagar uma multa de R$ 587.650,20 por ‘práticas não-equitativas’ em 2013. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

De acordo com o Estadão, o trader teria realizado 80 operações fraudulentas de day-trade que lesaram a SB Agência de Viagens e Turismo.

Esse tipo de punição é aplicada pela CVM quando ela julga que houve vantagem de um determinado trader sobre outros participantes do mercado, havendo a necessidade de reparação.

De acordo com o jornal, o day trader teria faturado nessas operações ilegais mais de R$ 190 mil. A decisão da CVM sobre o caso foi publicada na última terça-feira (6).

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos